As habitações são destinadas a famílias que perderam suas casas durante as enchentes de 2021 e 2022 no sul do estado.
A obra para a construção das contenções teve início em 2022, após as fortes chuvas registradas em Catu, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), uma das cidades da Bahia atingidas pelos temporais
O resultado do Novo PAC Seleções nos eixos ‘água para todos’ e ‘cidades sustentáveis e resilientes’ foi divulgado ontem (8) em Brasília pelo Governo Federal e a Bahia garantiu mais R$200 milhões para trazer segurança e tranquilidade a moradores de áreas de encosta.
As obras já estão praticamente concluídas, e com isso, a preparação para o momento da mudança foi realizada pela equipe social da Conder.
A previsão é que as famílias afetadas pelas fortes chuvas que atingiram a Bahia em 2021 recebam seus imóveis em setembro desse ano.
Parte da encosta do bairro do Santo Antônio Além do Carmo está recebendo projeto de paisagismo para manter sua característica original ao mesmo tempo que garante a segurança da contenção.
O objetivo principal é solucionar os problemas de alagamentos recorrentes na região da Cidade Baixa, beneficiando aproximadamente 190 mil pessoas. 
Governo do Estado investiu na finalização da obra, realizada pela Conder, e entregou saneamento básico e infraestrutura para o município 
as obras de contenção de encostas na Rua do Prédio, na cidade de Teolândia, foram entregues pelo governador Jerônimo Rodrigues nesta quinta-feira (21).
Conforme o presidente da Conder a obra entregue neste sábado integra o maior programa de contenção de encostas em execução no país, refletindo a preocupação do governo na preservação de vidas.