Obras escolares na Bahia priorizam sustentabilidade e inovação ambiental

Área de Atuação
Equipamentos e Qualificação Urbanística
 Conder ressalta o caráter inovador dos editais de contratação de empresas de engenharia para elaboração de projetos e execução das obras na área de educação.
Escola com sistema de captação da energia solar

O Governo do Estado está realizando o maior investimento já registrado nas escolas da rede estadual de ensino da Bahia, destinando mais de R$ 2,8 bilhões para obras de infraestrutura escolar em toda a Bahia, abrangendo construções, ampliações e reformas.  Este é o escopo do projeto “Construir para Educar”, que vai ampliar ainda mais a rede de escolas de tempo integral no estado. Neste Dia Mundial do Meio Ambiente, a Conder ressalta o caráter inovador dos editais de contratação de empresas de engenharia para elaboração de projetos e execução das obras na área de educação. Eles trazem uma nova perspectiva de investimento, com foco não apenas na infraestrutura educacional, mas também na preservação ambiental e sustentabilidade.  

Para o presidente José Trindade, a Bahia olha para o futuro. “O destaque no maior investimento para obras de educação na Bahia é o compromisso com a geração de

energia limpa. As empresas contratadas deverão elaborar projetos e instalar sistemas fotovoltaicos de geração de energia solar em todas as novas unidades escolares de tempo integral do Estado. Essa medida não apenas reduzirá a dependência de fontes não renováveis, mas também contribuirá para a mitigação das emissões de carbono, promovendo um ambiente mais sustentável”, explica Trindade. 

As empresas contratadas também deverão apresentar soluções inovadoras para a racionalização do uso de água, como o aproveitamento de água da chuva e o sistema de reuso da água para irrigação. Mas as novidades vão além. Um dos pontos cruciais de contratação dessas empresas é o compromisso com a mitigação dos impactos ambientais decorrentes da execução dos serviços. “As empresas contratadas deverão apresentar tecnologias inovadoras e sustentáveis para a construção das unidades escolares. E isso inclui reduzir os impactos ambientais nos canteiros de obras, adotando técnicas de racionalização do uso dos recursos naturais e de sustentabilidade”, afirmou Trindade. 

Com essa iniciativa o Governo da Bahia dá um passo importante para a racionalização dos recursos naturais em obras públicas no estado, promove práticas de sustentabilidade ambiental nos projetos de construção civil, e sinaliza para um futuro mais verde para a juventude baiana.