Assinada ordem de serviço para construção de Hospital Ortopédico e Centro de Educação na capital

Área de Atuação
Hospitais, Policlínicas e Edificações Públicas
O investimento previsto na implantação do complexo de saúde e educação é de R$ 114 milhões
O investimento previsto na implantação do complexo de saúde e educação é de R$ 114 milhões

Salvador, a primeira capital do Brasil, sediará um grande complexo integrado de saúde e educação, onde funcionará o maior hospital ortopédico do país (HOBA - Hospital Ortopédico da Bahia), o primeiro do Estado totalmente dedicado a essa especialidade, e o CEINFOR (Centro de Educação, Inovação e Formação). Este complexo será implantado em uma área desativada no bairro do Cabula, com extensão total de aproximadamente 100 mil metros quadrados, onde funcionou uma empresa de telefonia. A ordem de serviço para as obras serem iniciadas sob a responsabilidade da CONDER, cujo investimento é de R$ 114 milhões, foi assinada na manhã desta segunda-feira pelo governador Rui Costa.

Na oportunidade, o governador ressaltou que o Hospital Ortopédico da Bahia (HOBA) faz parte de um programa arrojado de investimento na área da saúde em curso nos últimos 15 anos, que representa uma revolução com a regionalização do atendimento e a geração de emprego na construção civil, através da implantação de hospitais, policlínicas e unidades básicas de saúde. Além de valorizar uma visão integrada com a educação, com o objetivo de ampliar o número de profissionais e fomentar a qualificação técnica.

“Trata-se da materialização de um sonho. Sempre que viajo para fora do Brasil, faço questão de incluir na agenda a visita a um hospital e uma escola. Devemos aprender com as boas experiências e é muito nítido lá fora a integração entre a assistência à saúde com a formação, a pesquisa, a ciência e as universidades”.

 

 

Saúde e Educação

A área aproximada de intervenção para implantação do Hospital Ortopédico da Bahia totaliza 45 mil metros quadrados, sendo 16 mil metros quadrados de área construída, distribuída em seis edificações, com 212 leitos (30 de UTI), 10 salas de cirurgia, ambulatório, áreas de recepção e reabilitação com duas piscinas, além de áreas técnicas e de apoio logístico. Já no Centro de Educação, Inovação e Formação da Bahia (CEINFOR) a área sob intervenção possui 44 mil metros quadrados, onde será erguida uma nova escola em tempo integral com 42 salas de aula e equipamentos esportivos, como quadra poliesportiva, campo de grama sintética, pista de corrida, arena de lutas vestiários e refeitório, além de laboratórios, biblioteca, espaços criativos e de convivência e ainda áreas de exposição voltados para o ensino  na área da saúde.

A superintendente de Edificações Públicas da CONDER, Neide Cerqueira, destaca os principais desafios para a implantação dos equipamentos e as estratégias pensadas para otimizar o prazo previsto de 12 meses. “Temos a vantagem de ter alguns prédios já implantados e que serão aproveitados e ampliados, como o prédio principal do hospital, além das novas implantações, que é o caso da escola, que será uma edificação completamente nova, o que exige um estudo do solo para execução da terraplanagem, fundação e estrutura. Já estamos com a empresa contratada detalhando o cronograma de obras e a ideia inicial é atuar com diversas frentes de serviços independentes".

Prédio que será ampliado e reformado para funcionamento do Hospital Ortopédico da Bahia
Prédio que será ampliado e reformado para funcionamento do Hospital Ortopédico da Bahia

A secretária de Saúde, Tereza Paim, valoriza a parceria estabelecida com a CONDER, que possibilitou a construção de diversos hospitais e policlínicas em toda Bahia, estendida, agora, para o maior hospital ortopédico do Brasil, que nasce com uma vocação voltada para o fomento ao ensino e a inserção dos profissionais de saúde na Bahia. “A CONDER sempre inovando e sendo precursora de grandes obras. A gente tem a certeza de um acompanhamento bem direcionado”.

Já para o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, o trabalho conjunto realizado tem sido fundamental na qualificação da infraestrutura da rede física escolar “pela qualidade, a experiência que a CONDER tem e, naturalmente, pela rapidez e a agilidade por ser uma empresa com o DNA da engenharia”. Rodrigues acrescenta que a nova unidade escolar, com localização privilegiada no Cabula, irá acolher o Colégio Estadual Polivalente (Mãe Stella), promovendo o ensino integral, onde “a interação com o hospital irá propiciar a formação profissional com a oferta de cursos dirigidos para as diversas áreas, como, por exemplo, nutrição, enfermagem, análises clínicas e massoterapia”. 

Termos