Mais 21 famílias recebem as chaves da casa própria pela CONDER no Costa Azul

Área de Atuação
Habitação, Encostas e Macrodrenagem
As novas moradias integram a última etapa do projeto. Ao todo foram entregues 718 imóveis no local.

A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER), vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), finalizou nesta quarta-feira (21) o projeto de urbanização integrada nas localidades de Paraíso Azul e Recanto Feliz, no bairro do Costa Azul, em Salvador, com a entrega das 21 unidades habitacionais do empreendimento Paraíso Azul I e uma nova praça, pelo governador Rui Costa. Na oportunidade, estiveram também presentes o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Nelson Pelegrino, e o presidente da CONDER, José Trindade.

“Esse é um projeto de reurbanização e de melhoria habitacional. Neste momento, a gente consolida R$ 46 milhões de investimento. Ao todo foram 718 unidades. Estamos entregando moradias e o povo, evidente, está pedindo mais. Estamos disputando na Justiça uma desapropriação nesta área que cabe mais um módulo de 10 imóveis, e tem outro terreno que também é do Estado, onde devemos construir mais 60 unidades, totalizando, portanto, 70 novas moradias”, explicou Rui Costa, referindo-se ao novo pedido feito por moradores da localidade.

O presidente da CONDER, José Trindade explicou a conclusão desta etapa do projeto: “As novas unidades habitacionais integram a segunda e última etapa complementar do projeto de urbanização integrada nas localidades de Paraíso Azul e Recanto Feliz. Um investimento de R$ 24 milhões de reais, que contam também com melhorias em infraestrutura, como redes de água e esgoto, drenagem, paisagismo e reforma de praças, como a que está sendo entregue, na localidade de Recanto Feliz. Um novo espaço de lazer para a comunidade, construída com recurso na ordem de R$ 1 milhão”.

Segundo Trindade, a praça foi uma solicitação da comunidade por um espaço de convivência. Foram realizados serviços de passeio com acessibilidade, parque infantil, quadra de areia e espaço com mesas e cadeiras.

As novas moradias integram a última etapa do projeto. Ao todo foram entregues 718 imóveis no local.

Moradias

Além de 505 moradias concedidas em anos anteriores, já foram entregues 213 novas unidades nos últimos dois anos, sendo 124 imóveis em 2020, no Recanto Feliz e no Paraíso Azul II A; 68 apartamentos, em abril deste ano, no Paraíso Azul II B e, finalizando agora, no segundo semestre (2021), com mais 21 novas unidades no Paraíso Azul I, totalizando 718 famílias beneficiadas, no bairro do Costa Azul.

Cada imóvel conta com sala, cozinha, dois quartos, banheiro e área de serviço. “Além de realizar a regularização fundiária, elaboramos o projeto e captamos recursos para a execução da obra. Foi necessário demolir algumas estruturas, construir novas habitações e realizar melhorias em outros imóveis que estavam em situação precária para garantir uma vida mais digna a essas pessoas”, declara Maurício Mathias, diretor de Habitação e Urbanização Integrada (Dihab) da CONDER.

A manicure Rosângela Monteiro da Silva comemora a entrega do imóvel, onde vai morar com mais dignidade junto com a filha, o genro e o neto. “Para quem já morou num barraco convivendo com barata, rato, esgoto, agora é só alegria. Aqui, a gente não tinha nada, nem espaço para respirar, muito menos área de lazer”, lembra.

O casal de idosos Olivia e João dos Santos mora no local há mais de 20 anos e recorda o sacrifício que era viver sem nenhuma estrutura. “Antes isso aqui era uma lagoa. A energia só era possível por meio de ‘gato’. A gente saía para trabalhar pela manhã e de noite a luz já estava cortada. Hoje, estamos recebendo a chave da nossa nova casa com muita felicidade. É uma glória”.

Processo de entrega

Para evitar aglomeração, considerando as medidas de prevenção e combate à Covid-19, os moradores recebem as chaves dos imóveis de forma escalonada, em datas e horários agendados. De acordo com Graziane Amorim, coordenadora da equipe do Social da Dihab/CONDER, além do uso obrigatório de máscara, apenas será permitido o comparecimento do beneficiário cadastrado, assim como só será possível um acompanhante para os idosos e pessoas com dificuldade de locomoção e compreensão. Essas medidas de segurança estão sendo tomadas em respeito ao protocolo de prevenção para evitar a disseminação do coronavírus.

Fonte: Ascom/CONDER

Fotos: Fernando Vivas/GOVBA e Ascom/CONDER

Termos