O complexo de saúde e educação será implantado em uma área desativada de aproximadamente 100 mil metros quadrados, no bairro do Cabula, onde funcionou a sede de uma empresa de telefonia, com investimento da ordem de R$114 milhões.

Fotos